Guia Trilhas e Caminhos para a Sustentabilidade Ambiental nas Escolas do Distrito Federal

Clique aqui para baixar o Guia

O Guia Trilhas e Caminhos para a Sustentabilidade Ambiental nas Escolas do Distrito Federal, lançado em 2018 pela ADASA e SEEDF, é instrumento relevante para o desenvolvimento da Educação Ambiental – EA – a ser utilizado nos processos de ensino-aprendizagem.

O Guia fomenta a aplicação de conhecimentos técnico-pedagógicos nas unidades escolares da SEEDF, por meio de objetivos-chave:

  1. Contribuir para a formação de cidadãos críticos, conscientes e ativos comprometidos com a humanização e a sustentabilidade planetária.
  2. Conhecer metodologias para diagnosticar problemas socioambientais na escolar e em seu território;
  3. Conhecer tecnologias sustentáveis, práticas de gestão da água, da energia e dos resíduos sólidos;
  4. Adquirir conhecimento para transformar escola e território em referências de sustentabilidade;
  5. Promover: currículo, pedagogia, gestão democrática, espaços e governança territorial sustentáveis;
  6. Compreender os conceitos e temas: mudanças climáticas, cidadania, qualidade de vida, paz e saúde;
  7. Promover: socialização, construção e implementação de projetos ambientais no ambiente escolar.

    Conteúdos:

∙ Educação, Energia Limpa e Fontes Renováveis de Energia

∙ Educação, Gestão Sustentável da Água e das Águas Residuais

∙ Educação, Mudanças Climáticas e Ambiental e Formação de Cidadãos Pesquisadores;

. Educação, Saúde Integral e Gestão Sustentável dos Resíduos Sólidos

∙ Educação, Sustentabilidade, Cidadania Ambiental e Cultura de Paz.

CURSO PARA PROFESSORES:

O curso, oferecido pela Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação (EAPE), em parceria com Adasa, Caesb e SLU está baseada numa formação teórico-prática. Proporciona vivências que possibilitam a reflexão, sensibilização e fixação de conteúdo.

Se você é profissional da educação e tem interesse em participar da próxima edição do curso, entre em contato conosco pelo e-mail: adasanaescola@adasa.df.gov.br.

Os principais marcos legais relacionados à gestão sustentável da água e dos resíduos sólidos fundamentarão a formação dos profissionais da educação, entre eles: Política Nacional de Saneamento Básico (Lei no 11.445/2007); Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei no 12.305/2010); Política Nacional de Recursos Hídricos (Lei nº 9.433/1997); Política Distrital de Recursos Hídricos (Lei nº 2725/2001).

Serão considerados também, os marcos legais da Educação Ambiental Formal e Não-Formal: as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental (Resolução Nº 02, de 15 de junho de 2012 do Conselho Nacional de Educação/Conselho Pleno – CNE/CP), a Política Nacional de Educação Ambiental (Lei n° 9.795/1999), a Política de Educação Ambiental do Distrito Federal (Lei n° 3.833/2006) , a Política de Educação Ambiental Formal da SEEDF (Portaria Nº 428, de 04 de outubro de 2017), e o Currículo da Educação Básica da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal/2014.

Propõe-se, ainda, na formação as referências teóricas, documentais, metodológicas e tecnologias sustentáveis basilares do Brasil e do Mundo, buscando propiciar, inclusive: a implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) – Agenda 2030 – da ONU e o fortalecimento da missão educação para o século XXI – UNESCO.

O curso promove a produção do conhecimento socioambiental, mobilizado por diversos pesquisadores (as), sujeitos sociais, diante da crise ambiental e humanitária, preocupação mundial de proteção e preservação do meio ambiente em todas as formas de vida.

Público-alvo: Carreira Magistério, carreira Assistência à Educação, público externo (professores atuantes em oficinas pedagógicas, carreira magistério e carreira assistência à educação).